terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Mundo sem ralo!!!

Seguindo o caminho apontado pelo Daniel e pelo René... e pelos momentos de risadas, chegamos ao momento de parada, chamado de Asprela ou Areosa... me pareciam nomes estranhos, mas estas paragens seriam meus pontos de partidas e de chegadas durante todo o intercâmbio...

Era tudo integrado o sistema de metro e de autocarros, como dizem os portugueses...

Mas chegando no apê, conheci a Simone (estudante do doutorado em Eng. de Produção - que seria um grande exemplo pra mim), o Marcos (estudante do sul do Brasil que transferiu para a Engenharia Civil da Faculdade de Engenharia do Porto), a Nayara (estava lá, estudante da UFOP, do curso de Farmácia - que estava no Porto há duas semanas, e como morava no centro da cidade, resolveu ficar no apê com o pessoal pra voltar da festa do carnaval), a ... foi muito legal conhecer o pessoal todo... faltava ainda a Marina que estava viajando pelo leste da Europa (loucura isso).

Então almoçamos uma lasanha muito boa... e depois tinhamos que arrumar a casa toda... eu ia dormir, mas a casa estava em situação de calamidade, por isso resolvemos fazer uma faxina geral.

Meu primeiro trote na nova cidade, foi escolher lavar o banheiro, vesti uma roupa confortável, despejei toda a água no banheiro todo, usei o sabão em pó, deixei de molho um pouco, e voltei a molhar o banheiro, e quando vi que estava tudo inundado o banheiro e indo para a sala, percebi que não tinha ralo no banheiro. Como assim? Após uma reflexão, e a procura do ralo não existente... meus amigos já moradores, me dizem que esqueceram de falar que não tinha ralo... e aih pra terminar a história tive que enxugar tudo pano a pano.

Como disse um blogueiro, aqui se inicia a vida de brasileiros, em um mundo sem ralo!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário